Menu
×

Gerenciamento de cookies

XGrain Analisador de grãos por infravermelho próximo

Analisador profissional por infravermelho de grãos e farinhas de cereais de espiga inteiros e sementes oleosas e parâmetro interno de farinha com o módulo de peso hectolitro integrado. Uma função adicional é a impressora embutida, assim os valores de peso em hectolitros, juntos com outros parâmetros de conteúdo medidos possam ser impressos automaticamente depois da medição.

Operação fácil, ergonomia

A operação do analisador de grãos Infracont XGrain é simples, qualquer um consegue aprender facilmente o manuseio do seu visor de 8".

InfraCloud - Conexão à internet baseada em nuvem

Infracont XGrain também pode ser acessado a partir do seu computador, telefone ou tablet com a aplicação InfraCloud.

Módulo de peso hectolitro integrado

O módulo de peso hectolitro integrado permite examinar a gravidade e conteúdo específicos dos produtos num único passo.

Calibrações

As nossas calibrações garantem resultados precisos e confiáveis para cereais com espiga inteiros, sementes oleosas e farinha.

Áreas de utilização

Infracont XGrain pode ser usado para medir a composição de grãos e farinhas sem a preparação de amostras. Os dispositivos são usados principalmente para medir o conteúdo de proteínas, umidade, glúten, cinzas, óleo, mas também serve para medir o índice Zeleny.

As áreas principais de utilização dos nossos dispositivos são as seguintes:

  • Produção de grãos
  • Recepção e armazenamento de grãos
  • Comércio de grãos
  • Indústria de moagem
  • Indústria de padaria
  • Fabricação de massas

Princípio de funcionamento

Os instrumentos Infracont são espectrofotómetros do tipo scanner que operam na faixa de infravermelho próximo - NIR. Os instrumentos de transmissão por infravermelho próximo (NIT – Near Infrared Transmission) usam luz na faixa de comprimento de onda ~ 780-1064 nm, pois grãos e farinha permitem a transmissão de luz mensurável nessa faixa de comprimento de onda. O instrumento ilumina o material a ser medido e mede a intensidade da luz transmitida em diferentes comprimentos de onda, ou seja, o seu espectro. O espectro é medido em alguns comprimentos de onda selecionados: a luz de comprimento de onda dada (monocromática) é produzida por um chamado monocromador de grelha.

O microcomputador integrado calcula e exibe as características do material medido com base nesses valores. Para realizar uma medição, determinamos previamente a relação matemática entre o espectro da luz transmitida e os componentes a serem medidos, o que chamamos de calibração. Calibrações separadas são necessárias para cada produto e componente a ser medido. Para realizar uma calibração, precisa-se um espectro de um grande número de amostras analisadas de maneira convencional (de laboratório) para determinar as relações de calibração usando um computador. Depois do carregamento desses instrumentos e calibrações, os instrumentos poderão medir cada componente.

Dos analisadores de grãos por infravermelho próximo, o monocromador de grelha representa a classe premium, pois são esses instrumentos que fornecem os resultados mais precisos.

Tecnologia

A „alma” dos instrumentos é um arranjo ótico de patente próprio, o SBCS (’Single Beam Compensation System’).

As características das soluções „tradicionais”

Elementos mecânicos complexos

Como os materiais a serem medidos são principalmente grãos e não são suficientemente homogêneos em relação ao tamanho do feixe da luz, a média de várias medições fornece apenas um resultado aceitável. Os instrumentos convencionais geralmente medem amostras dividindo ou movendo as amostras em vários locais. Geralmente, essas são soluções complexas e caras.

Compensação

As medições quantitativas, nas quais queremos determinar não apenas o tipo, mas também a percentagem dos ingredientes, exigem estabilidade e precisão muito altas. Esta estabilidade só pode ser alcançada se as mudanças temporais no sistema de medição, por exemplo aquecimento ou trocas de componentes – são compensadas pela medição simultânea de um elemento ótico - padrão ótico - muito estável. Calculam o logaritmo das intensidades luminosas medidas na amostra e no padrão dos instrumentos, e com base nisso a média da composição percentuzal do material com base nas equações de calibração armazenadas. Nos instrumentos convencionais, isso é realizado através da formação de dois canais de medição paralelos ou duas medições sucessivas. A primeira solução é cara e adequada só se os dois canais forem completamente idênticos. O segundo também não é, em princípio, uma compensação perfeita por causa da diferença de tempo.

O que há de diferente no SBCS?

Single Beam Compensation System

O arranjo ótico que desenvolvemos difere do descrito acima, na medida em que utiliza apenas um canal ótico com elementos rotativos próximos à amostra. Portanto, não movemos o padrão, mas a luz: giramos um feixe de luz ao longo de um caminho circular a alta velocidade. À medida que o feixe de luz é girado, a amostra é transiluminada em 15 locais consecutivos, além disso o mesmo feixe de luz também gira sobre o padrão de transmissão interna acima mencionado a cada turno. Dessa maneira, o sistema SBC executa um movimento rotativo contínuo simples para escanear uma superfície de amostra grande e medir o padrão de transmissão interno. A velocidade de rotação garante que a amostra e as medidas padrão internas sejam praticamente simultâneas. Isso e o facto de ter um único canal ótico fornecem compensação perfeita.

Quais são os benefícios do SBCS?
  • um mínimo de peças móveis, uma construção muito mais simples;
  • tamanho mais reduzido, peso mais leve;
  • custo operacional mais baixo: não se precisa manutenção regular (por exemplo substituição da lâmpada, pois a lâmpada acende apenas quando o instrumento está a medir, o que aumenta a sua vida útil);
  • exigência de manutenção baixa;
  • uma lâmpada menos potente, menos geração de calor e mesmo assim alto brilho;
  • não há dependência de temperatura e tempo de aquecimento: o instrumento pode ser usado imediatamente depois da inicialização.

Calibrações

As calibrações comuns para os analisadores de grãos Infracont XGrain são feitas com séries de amostras conhecidas (analisadas em laboratório), com método de regressão parcial de quadrados mínimos (PLS - Partial Least Squares) e/ou regressão linear múltipla (MLR - Multiple Linear Regression). As calibrações são carregadas na instrumentação durante a fabricação ou podem ser carregadas também ulteriormente. As calibrações no caso dos instrumentos Mininfra podem ser transferidas de um instrumento para outro.

O analisador de grãos Infracont XGrain é fornecido com todas as calibrações de grãos disponíveis. Uma lista das calibrações disponíveis atualmente pode ser baixada aqui.

Interface

Imagens

Cotação

Qual é o objetivo da sua compra?*